educacao.ba.gov.br

Inscrições para o Partiu Estágio com foco no Reforço Escolar seguem até o dia 9 de abril  

Foto: Geraldo Carvalho – Ascom/Educação

As inscrições para o programa Partiu Estágio seguem até o dia 9 de abril. O programa é uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de proporcionar o estágio para os estudantes universitários de instituições com sede na Bahia e que ainda não conseguiram inserção no mercado de trabalho. Este ano, estão sendo ofertadas 4.390 vagas aos universitários dos cursos de Educação Física, Letras Vernáculas e Matemática, distribuídas em todo o Estado, com foco no reforço escolar para a rede estadual de ensino. A novidade para este edital é que poderão se inscrever alunos na modalidade Educação à Distância (EAD), desde que a instituição possua polo na Bahia.

Contemplada pelo programa, no ano passado, Flávia Araújo Santos, 21, estudante do último semestre de Direito, na Faculdade Maurício de Nassau, fala de sua experiência com o Partiu Estágio, por meio do qual estagia no setor de Corregedoria da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. “Está sendo um aprendizado muito importante. Pena que o estágio já vai acabar em maio, depois de um ano de expansão de aprendizagens nas áreas de disciplina, ética e moral, que levarei para a minha vida profissional. Trabalho, aqui, com processos administrativos. Então, faço os relatórios, que são validados pelo expedidor que, em seguida, os encaminha para o corregedor. Ao longo desse tempo, ganhei mais confiança sobre as questões que envolvem a minha área e isto é fundamental para um advogado”, relata a universitária.
Como participar
Para participar do Partiu Estágio é necessário que o candidato tenha idade mínima de 16 anos e cumprido mais de 50% da graduação. Desde o lançamento do programa, em abril de 2017, mais de 6,5 mil universitários já foram contratados para atuar no serviço público baiano nas diferentes áreas, incluindo a Educação. O contrato de estágio tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto para estudante com deficiência física. A carga horária é de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais, distribuídas de acordo com a necessidade da administração pública. O estagiário tem direito a uma bolsa mensal de R$ 455, auxilio transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais.
O Partiu Estágio é prioritário para alunos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o Ensino Médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Do percentual de vagas ofertadas em cada edital, 10% são direcionadas a pessoas com deficiência física, como é previsto pela Lei nº 11.788/2008. Quem já participou do Partiu Estágio durante o período de um ano não poderá se inscrever novamente, como previsto em edital. A lista completa das oportunidades de estágio na rede estadual estará disponível no sistema de inscrição do Partiu Estágio.
Sobre a inscrição
Os candidatos que estão participando pela primeira vez devem acessar o site do Partiu Estágio e criar uma conta, informando CPF, nome, data de nascimento e e-mail válido. O sistema enviará, automaticamente, para o e-mail cadastrado os dados para acesso a inscrição. De posse dos dados para acesso, o candidato deverá preencher os dados cadastrais no site de inscrição e, posteriormente, selecionar seu curso e o turno das aulas, além do município onde estuda ou reside. Caso já tenha se inscrito em editais anteriores, o candidato deve acessar a conta já existente e realizar o mesmo procedimento.
Documentação 
A documentação necessária para a inscrição é a seguinte: comprovante de residência; original e cópia da Carteira de Identidade; original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF); original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso; declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial; comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino; declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público; original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso; original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso; Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS); e comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso.

Iniciada formação continuada de profissionais de educação

jornada pedagogica

Coordenadores pedagógicos, gestores e professores de unidades escolares estaduais presentes em Salvador participaram, na manhã desta terça-feira (2), da abertura do Encontro de Formação Continuada de Profissionais de Educação do Estado. Primeira de onze já agendadas em outros territórios, a reunião lotou o auditório principal do Instituto Anísio Teixeira (IAT).A iniciativa é promovida pela Secretaria da Educação do Estado, por meio do IAT. “Temos clareza que não se faz educação sem um forte processo de formação desses profissionais, que na nossa rede chegam a 30 mil colaboradores. Esta é a primeira fase de um processo contínuo de quatro anos de formação intensiva, visando que a aprendizagem, na Bahia, se dinamize. Vale lembrar que esse momento é destinado somente para a nossa rede, mas não abrimos mão de um alinhamento com a rede municipal”, destacou o titular da SEC, Jerônimo Rodrigues.A ação tem como objetivo principal melhorar a qualidade de aprendizado dos estudantes, elevando os indicadores educacionais. Para isso, está ocorrendo essa mobilização e sensibilização que terá como resultado a construção colaborativa do programa de formação continuada dos profissionais da educação.

Cleide Ressurreição é coordenadora pedagógica na Escola Estadual Professor Roberto Santos, em Castelo Branco, e tomou posse no início de 2019. “Considero esse momento muito importante, principalmente em casos como o de pessoas como eu, que estão chegando na rede agora. Precisamos nos aperfeiçoar e compreender como se dá o processo de educação dentro do Estado, contribuindo com professores e alunos”, acredita.

O encontro no IAT ainda acontece nesta quarta (3) e sexta-feira (5). As próximas reuniões serão realizadas nos dias 8 e 9 de abril, em Feira de Santana, e no dia 12 em Itabuna. A expectativa é que até o final de maio todas as reuniões, em regiões que abarcam todos os territórios de educação, tenham sido realizadas, gerando a unificação de objetivos entre os professores, coordenadores pedagógicos, gestores e com a equipe da SEC.

Secretaria apresenta Plano Político Pedagógico em audiência pública na Assembleia Legislativa

sec plano pedagógicoA Secretaria da Educação do Estado (SEC) apresentou, nesta terça-feira (26), o Plano Político Pedagógico para a Educação da Bahia em audiência pública, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), em Salvador. Promovida pela Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviço Público da ALBA, a iniciativa também proporcionou o diálogo com os participantes.
O subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues, falou que o Estado está buscando parcerias com os diversos segmentos da sociedade, na perspectiva de fortalecer o regime de colaboração visando à melhoria da aprendizagem dos estudantes. Segundo ele, este processo de diálogo e de escuta realizado na ALBA é fundamental.  “A apresentação mostrou um conjunto de informações sobre as políticas de avaliação, monitoramento e fortalecimento da qualidade da Educação na Bahia que estamos construindo na Secretaria da Educação. A proposta, também, foi ouvir as contribuições importantes da Comissão, para continuarmos os debates pela melhoria da Educação Básica e do Ensino Superior”, destacou.
O subsecretário Danilo Souza ressaltou, ainda, pontos importantes no planejamento, dentre os quais a formação continuada dos educadores. “Estamos em um processo de  retomada de uma política forte de formação continuada, buscando suprir os déficits culturais e cognitivos das crianças das nossas escolas. Também estamos focados em um sistema robusto de avaliação, que possa assegurar continuamente o acompanhamento da qualidade e as intervenções necessárias, em tempo real, para que a escola seja, cada dia mais, um instrumento de inclusão. Além disso, buscamos  dialogar com os municípios para que possamos avançar no Ensino Fundamental e, lá na ponta, na Educação Infantil, com um regime de colaboração sólido, para um intercâmbio mais intenso, porque a Educação é do povo, desde a creche até a pós-graduação, e isto é uma prioridade para o Governo do Estado”, contou.
A presidente da Comissão de Educação, a deputada estadual Fabíola Mansur, falou sobre a audiência. “Estamos realizando esta sessão para que os participantes possam conhecer o planejamento da Secretaria, debater e trazer suas contribuições. A Comissão tem discutido os desafios da Educação no âmbito nacional e estadual e queremos que aconteça esta mobilização das diversas instituições, para que resulte no amplo trabalho na melhoria da Educação do Estado como um todo”, disse.
Ainda estiveram presentes à mesa, a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Anatércia Contreiras, o presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/BA), Williams Panfile, além de representantes do Ministério Público da Bahia, Tribunal de Contas da Bahia (TCE) e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia. A audiência também contou com a participação de dirigentes da SEC e do Instituto Anísio Teixeira (IAT), que faz parte da estrutura organizacional da Secretaria.

Partiu Estágio lança edital para reforço em escolas da rede pública de ensino

projeto dengue 159

O Governo do Estado lança, nesta terça-feira (26), novo edital do Programa Partiu Estágio, com foco no reforço escolar para a rede estadual de ensino. Serão ofertadas 4.390 vagas aos universitários dos cursos de Educação Física, Letras Vernáculas e Matemática, distribuídas em todo o estado. A novidade para este edital é que poderão se inscrever estudantes de cursos presenciais e na modalidade EAD, desde que possuam sede/pólo na Bahia. As inscrições podem ser feitas de 26 de março a 9 de abril, por meio do site do programa. O novo edital, assim como suas publicações futuras, estará disponível no site da Secretaria da Administração do Estado (Saeb).
Para participar do programa, é necessário que o candidato tenha idade mínima de 16 anos e que tenha cumprido mais de 50% da graduação. Podem participar estudantes universitários residentes na Bahia e que estejam regularmente matriculados em cursos presenciais e EAD de instituições estaduais, federais e privadas com sede/pólo no estado. Alunos de cursos presenciais poderão concorrer a vagas ofertadas nas cidades onde residem ou estudam. Já estudantes de cursos EAD apenas poderão se candidatar a vagas alocadas na cidade onde moram.
O cadastro de cada candidato irá compor um banco, que terá validade de seis meses, do qual sairão as convocações dos novos estagiários do Estado. Candidatos que estejam participando pela primeira vez devem estar atentos sobre o processo de inscrição. Inicialmente, é preciso acessar o site do Partiu Estágio e criar uma conta, informando CPF, nome, data de nascimento e e-mail válido. O sistema enviará automaticamente para o e-mail cadastrado os dados para acesso ao sistema de inscrição.
De posse dos dados para acesso, o candidato deverá preencher os dados cadastrais no site de inscrição e, posteriormente, selecionar seu curso e o turno das aulas, além do município onde estuda ou reside. Caso já tenha se inscrito em editais anteriores, o candidato deve acessar a conta já existente e realizar o mesmo procedimento. Quem já participou do Partiu Estágio durante período de um ano não poderá se inscrever novamente, como previsto em edital. A lista completa das oportunidades de estágio na rede estadual estará disponível no sistema de inscrição do Partiu Estágio.
Sobre o programa 
Lançado em abril de 2017, o Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Do percentual de vagas ofertado em cada edital, 10% são direcionados para portadores de deficiência física, como o previsto pela Lei 11.788/2008.
O contrato de estágio tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto quando o estudante com deficiência física. A carga horária é composta de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais, distribuídas de acordo com a necessidade da Administração Pública. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais. Desde o lançamento, o programa já contratou mais de seis mil estagiários para atuarem no serviço público.

Obras artísticas de estudantes da rede estadual serão expostas na Assembleia Legislativa  

ave foto

Telas e esculturas temáticas, além de fotografias dos pontos históricos de cidades baianas, assinadas por estudantes da rede estadual, compõem a Exposição Itinerante AVE e EPA 2019. A mostra chega a Salvador nesta segunda-feira (25), às 13h, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), no Centro Administrativo, e poderá ser visitada até o dia 29 de março. Realizada pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), a exposição reúne 15 obras artísticas estudantis desenvolvidas a partir dos projetos estruturantes Artes Visuais Estudantis (AVE) e Educação Patrimonial e Artística (EPA).
São trabalhos artísticos que abordam temas que traduzem o cotidiano dos estudantes e falam de questões como racismo, violência contra a mulher, meio ambiente, povos indígenas, seca do Nordeste, democracia, infância roubada, desmatamento e dependência às redes sociais.
A Exposição Itinerante AVE e EPA 2019 acontecerá, ao longo do ano corrente, em dez espaços distintos da capital baiana, na Região Metropolitana e no interior do Estado. Na cidade de Firmino Alves, a Rodoarte – I Exposição Itinerante de Arte e Cultura dos projetos estruturantes AVE e EPA, protagonizada pelos estudantes de colégios estaduais ligados ao Núcleo Territorial de Educação – Itapetinga (NTE 8), pode ser visitada até segunda-feira (25), no Centro Educacional Monteiro Lobato. Até 7 de junho, a mostra terá percorrido todas as unidades escolares que compõem o Território do Médio Sudoeste, finalizando com os colégios estaduais Alfredo Dutra, Modelo e Polivalente, em Itapetinga.
O coordenador de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação, Marcelo Augusto Santos, ressalta a importância da iniciativa. “A mostra itinerante, no caso, consiste em uma ação de ampliação da visibilidade dos projetos artísticos AVE e EPA, com o objetivo de enaltecer o protagonismo juvenil”, ressalta o gestor, destacando que os projetos artísticos da rede estadual são desenvolvidos por meio de diferentes linguagens artísticas e integram o desenvolvimento de políticas para a juventude do Estado.

Governador Rui Costa participa de planejamento com diretores dos Núcleos Territoriais de Educação

reuniao ntes com governadorA Secretaria da Educação do Estado promoveu, neste sábado (23), um encontro com os diretores dos 27 Núcleos Territoriais da Educação (NTE) para discutir as ações estratégicas voltadas à melhoria da aprendizagem dos estudantes. Este é o segundo encontro do planejamento em curso, realizado na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB) com os diretores do NET, e contou com as presenças do governador Rui Costa, do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, de dirigentes e técnicos da pasta.
Na atividade, o governador Rui Costa reafirmou o seu compromisso com a Educação. “Eu só acredito em uma nação que tem a escola pública. Nos Estados Unidos, na Inglaterra, a maioria das pessoas estuda em escola pública pelo menos até o Ensino Médio. É isto que eu acredito como existência humana. E é por isto que estou aqui. Mas não conseguirei isto sozinho, ainda mais na dimensão que é a Educação. Estamos fazendo um esforço para melhorar a aprendizagem dos nossos estudantes, investindo em formação, na infraestrutura das escolas, construindo uma rede de parcerias, chamando as famílias para as escolas. E o conceito é de mutirão, de uma grande mobilização para transformar a nossa rede. Esta é a minha expectativa não só como governador, mas de vida e o foco do nosso trabalho é o estudante. O que for melhor para o estudante será o melhor para nós”, afirmou.
O secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre este momento de planejamento com a presença de Rui Costa. “É um privilégio termos o governador em um dia de sábado aqui conosco; é uma grande oportunidade. O governador tem todo o domínio da rede, já visitou 322 escolas e hoje ele está participando desta grande agenda, tratando de pessoal, formação, infraestrutura, fazendo esta construção junto conosco aqui na Secretaria, que é voltada para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes”, destacou.
Durante o encontro, o subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, apresentou estratégias para promover as políticas públicas educacionais de inclusão, com equidade sócio-étnico-cultural nos processos de ensino e aprendizagem, visando garantir o acesso, a permanência e êxito escolar dos estudantes, em todos os níveis de ensino e modalidades da Educação Básica. Falou sobre os eixos norteadores que são: inclusão escolar; formação continuada; integração comunidade escola; regime de colaboração; interconexão com as instituições de Ensino Superior. Outros pontos focais da abordagem foram a organização curricular e a avaliação institucional da rede educacional, por meio do Sistema de Avaliação Baiano da Educação (SABE).
Já Cybele Amado, diretora do Instituto Anísio Teixeira (IAT), que faz parte da estrutura organizacional da SEC, apresentou uma proposta de formação continuada para os educadores do Estado da Bahia. O coordenador de projetos estratégicos da Educação, Marcius Gomes, falou sobre políticas para a juventude, incluindo o fomento às práticas esportivas nas escolas como ferramenta de aprendizagem, por meio dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP). E o coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação, Helder Amorim, abordou o papel dos NTE como agentes de aprendizagem.
A diretora do NTE de Itabuna (NTE 05), Josefina Castro, falou sobre a importância deste planejamento coletivo. “Esse encontro foi fundamental para nós gestores, pois foi apresentada uma proposta de como deveremos trabalhar a questão da avaliação para que a gente potencializar a aprendizagem dos nossos alunos. Outro aspecto importante destacado foi a capacitação que o IAT está propondo, envolvendo a parceria com os núcleos e a escuta com os coordenadores e professores e, isso, é essencial. Além disso, a gente fica muito feliz pelo governador priorizar a educação”.

Estudantes de Itabuna celebram o Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água, celebrado a cada 22 de março, é marcado por uma série de atividades voltadas à temática, protagonizadas pelos estudantes dos colégios da rede estadual da capital e do interior. Algumas unidades escolares anteciparam as comemorações, como foi o caso do Colégio Estadual do Cajueiro, no município de Ibicaraí, que promoveu, nesta quarta-feira (20), palestra sobre meio ambiente e preservação da água.
Já os alunos do Colégio Estadual São Francisco, em Alagoinhas, estão envolvidos em pesquisas e debates em sala de aula sobre os cuidados com o recurso hídrico e, na segunda-feira (25), farão a culminância do trabalho, envolvendo palestras e apresentação de painéis sobre poluição e conservação da água. As atividades no Colégio Estadual do Cajueiro prosseguem ao longo de toda a semana, com apresentações culturais dos estudantes e visitação às nascentes de ribeirões que abastecem o Rio Salgado.

Rui anuncia projeto de reforço escolar com participação de universitários

papa correria enem

Durante o programa #PapoCorreria transmitido ao vivo pelas redes sociais, na noite de terça-feira (19), o governador Rui Costa anunciou a contratação de cinco mil estudantes universitários, por meio do programa Partiu Estágio, para um projeto de reforço escolar na rede estadual de ensino. Já nesta sexta-feira (22), serão chamados 905 jovens. O projeto vai contemplar alunos dos cursos de Matemática, Português e Educação Física.

“Os estudantes universitários irão atuar nas escolas estaduais, realizando o reforço escolar das disciplinas, no caso de matemática e português, e oferecendo apoio nas atividades esportivas desenvolvidas nas instituições, no caso de educação física”, explicou o governador.
Ainda durante o programa, Rui Costa informou que mais 4.100 jovens universitários serão chamados posteriormente para trabalhar com o reforço nas escolas, completando o total de 5 mil universitarios para essa finalidade.
Partiu Estágio
Desde o lançamento do programa Partiu Estágio, em abril de 2017, mais de 6,5 mil universitários já foram contratados para atuar no serviço público baiano. Iniciativa da administração estadual baiana, o programa garante oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.
Até o dia 26 de março, o Governo do Estado continua a convocação de 2.225 universitários do Partiu Estágio para ocuparem vagas em 62 órgãos estaduais em 49 municípios da Bahia.

Notícias Relacionadas

Secretaria da Educação mobiliza escolas para o ENEM 100%

Renovação de matricula 2018 - Caroline Jesus

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2019, serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro, mas a Secretária da Educação do Estado (SEC) já está mobilizando as escolas da rede para que os estudantes participem ativamente do projeto ENEM 100%. Trata-se de uma ação estratégica, realizada em sua terceira edição, com o objetivo de orientar, mobilizar e fomentar a participação desses alunos no ENEM, cujas inscrições acontecem de 6 a 17 de maio.
O ENEM 100% é promovido em etapas. Neste primeiro momento, a SEC está realizando a adesão das escolas ao projeto. Até o dia 15 de março, os gestores e/ou coordenadores pedagógicos deverão acessar e preencher um termo de adesão ao ENEM 100%, via formulário do Google, disponível no Portal da Educação. Os professores interessados em participar do Redijaê, que promove a correção das redações dos estudantes, também deverão preencher o termo de parceria e compromisso, via formulário Google, igualmente disponível no Portal da Educação, também até o dia 15 de março. É o mesmo prazo para que as escolas indiquem, via formulário, os estudantes que irão participar do Comunicaê, outra ação do ENEM 100% que envolve o estudante na comunicação, mobilização, coleta de dados e socialização de assuntos relacionados ao exame.
Na segunda etapa, as escolas deverão realizar um mutirão para que os estudantes atualizem o CPF e o RG e também mobilizem os alunos para as inscrições do exame. Uma das novidades para este ano é que todos os estudantes das redes públicas deverão pedir a isenção da taxa de inscrição, no site www.inep.org.br, no período de 1º a 10 de abril. A regra vale para quem fará o ENEM pela primeira vez e para aqueles que se inscreveram no ano passado, mas não compareceram às provas.
A coordenadora de Currículo e Desenvolvimento Humano da Secretaria da Educação, Jurema Brito, ressalta que as escolas estaduais também precisam fazer a atualização cadastral dos alunos no Sistema de Gerenciamento Escolar (SGE) da Secretaria da Educação do Estado. “Identificamos que muitos estudantes do 3º ano têm o CPF, mas está com a numeração errada e quase 50% não têm o CPF lançado no sistema, apenas o RG. Daí a necessidade da campanha que estamos propondo que as escolas façam como prioridade, pois sem os documentos regularizados não é possível realizar a inscrição no ENEM”, afirma.
O projeto ENEM 100% também envolve o fortalecimento das aprendizagens, por meio do Redijaê e dos Aulões de Revisão. Os aulões, previstos para serem realizados no auditório da SEC, no período de 15 de julho a 25 de outubro, nos turnos matutino e vespertino, visam ampliar as oportunidades de aprendizagens de competências cognitivas e socioemocionais dos estudantes do 3º ano do Ensino Médio, com foco na melhoria do desempenho no ENEM. Já o Redijaê é uma ação para fortalecer a produção textual por meio da Sala de Aula Virtual (Google Classroom), com foco na melhoria da proficiência escrita dos estudantes. Os temas sugeridos nas redações do Redijaê deste ano são: “Direitos e deveres do cidadão no Brasil contemporâneo”; “O mundo do trabalho e as perspectivas de futuro”; e “Imigrações e a crise dos refugiados”.

CEEP do Chocolate em Ilhéus forma 1a. turma de Teatro

 

ceep ios

O Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Shaun (CEEP), em Ilhéus, realizou a solenidade de formatura da 1ª. turma da Bahia do curso técnico em Teatro. A colação de grau reuniu 12 formandos e contou com a presença do secretário municipal de Cultura, Pawlo Cidade, dirigentes e professores do CEEP e familiares.

A  professora e articuladora do curso, Valdiná Guerra Félix, escolhida como paraninfa da turma, destacou o desafio de implantar um curso pioneiro no Estado e falou da satisfação de formar profissionais capacitados e comprometidos com a valorização da cidadania através de arte. “É um momento especial, a primeira de muitas conquistas, num processo de construção em que caminhamos juntos ao logo de todo o curso”.

 

Escolhida como uma das  homenageadas pelos novos técnicos em Teatro, a professora Maria Helena Tavares ressaltou o compromisso do CEEP do Chocolate em oferecer um ensino de qualidade, com cursos que atendem as demandas regionais.